Cookies

Usamos cookies para lembrar suas preferências e lhe proporcionar a melhor experiência em nosso site. Favor clicar no
botão para aprovar o nosso uso de cookie. No entanto, se você quiser, pode mudar sua configuração de cookies a qualquer momento.

 

Brazil, South America

Treinamento de cuidado da terra

Estimulando a escola e a vida rural

Os coordenadores da ARISE em Arroio do Tigre, Brasil, realizaram amplas discussões com líderes da comunidade e, em conjunto, eles desenvolveram o curso local de Centro de Formação do Jovem Rural. O principal objetivo do treinamento é ensinar aos jovens habilidades técnicas de cuidado da terra e fazer da escola uma opção mais atraente do que trabalhar nos campos de tabaco.

Em Arroio do Tigre, como na maioria das áreas rurais do Brasil, muitos jovens deixam suas famílias e rumam para a cidade, pois o trabalho num supermercado ou numa fábrica é considerado mais fácil do que o trabalho em uma fazenda. Essa linha de pensamento motivou os coordenadores da ARISE a realizar amplas discussões com líderes locais e desenvolver a versão brasileira do curso de treinamento EFM. O principal objetivo do curso é ensinar aos jovens habilidades técnicas agrícolas e ambientais e fazer da escola uma opção mais atraente do que trabalhar nos campos de tabaco. Os participantes são conscientizados de que não lhes é permitido trabalhar em campos de tabaco antes dos 18 anos, mas que eles podem aprender técnicas agrícolas que poderão aplicar mais tarde para diversificar a produção de suas próprias fazendas familiares. Enquanto frequentavam o curso, muitas das crianças pediram espaço em suas propriedades familiares para poder praticar o que aprendiam no curso. Algumas criaram unidades de demonstração de tomate, outros criaram minhocas e outros plantaram jardins com plantas medicinais em torno de suas casas.

Um dos participantes do curso foi Raul Pinto, de 14 anos, que frequentou a Escola EMEF Jacob Dickel em Coloninha. Raul colocou em prática várias das lições que aprendeu criando um canteiro de demonstração de tomate atrás de um galpão em um pequeno pedaço de terra dado a ele por seu avô. Ele preparou a terra, transplantou as mudas para o campo quando estavam prontas e cuidou das plantas enquanto elas cresciam. A produção foi um sucesso e Raul não fala mais em ir trabalhar na cidade quando for mais velho.

Outro aluno entusiasmado é Henrique Hammerschmitt, de 16, de São Roque. Henrique também frequentou o curso EFM em 2013 e logo queria experimentar e demonstrar a sua família o que tinha aprendido. Henrique teve sorte de conseguir usar uma pequena área de terra atrás da casa da família para cultivar alguns tipos de verdura. O sucesso dessa primeira experiência estimulou o pai de Henrique a pensar em diversificar a produção da propriedade. Quando Henrique concluiu o curso, ele mostrou a seu pai como plantar cenouras e beterrabas. Eles também fizeram 100 plantações de tomate em torno da casa e hoje os vendem aos vizinhos. Os tomates que não eram visualmente atraentes foram usados para concentrados e congelados para uso da família durante o inverno. A família de Henrique o apoia e estimula para continuar sua prática e permanecer na área rural. Sua avó até lhe prometeu um pedaço de terra para que ele cultive frutas e verduras no futuro.

Curiosamente, a mãe de Henrique, Romilda, também fez um curso de panificação coordenado pela ARISE, e ela agora prepara 10 pães para os mesmos clientes a cada quarta-feira. Ela não pode aumentar a produção em razão de falta de espaço, mas a renda familiar adicional é muito bem-vinda.

As novas habilidades aprendidas pelos adolescentes e pais proporcionam novas e variadas fontes de renda para as famílias, o que lhes permite contratar mão-de-obra auxiliar na época da colheita, de forma a não usar trabalho infantil. O mesmo tempo, estimulam as crianças a permanecer na escola e nas áreas rurais.

HISTÓRIA DE SUCESSO

ARISE inspira agricultor

Um agricultor experiente assistiu a uma apresentação de teatro da ARISE e foi convencido a retirar seus filho do trabalho infantil e colocá-los na escola.

Leia mais

HISTÓRIA DE SUCESSO

Vila Mthyoka

Lares vulneráveis em Mthyoka receberam subvenções condicionais da ARISE. Os beneficiários abriram negócios em grupo e individuais e estabeleceram um esquema de poupança e empréstimo.

Leia mais

ONDE TRABALHAMOS

Brasil, Malawi e Zâmbia

Chegamos a milhares de crianças e suas famílias.

Leia mais