Cookies

Usamos cookies para lembrar suas preferências e lhe proporcionar a melhor experiência em nosso site. Favor clicar no
botão para aprovar o nosso uso de cookie. No entanto, se você quiser, pode mudar sua configuração de cookies a qualquer momento.

 

Perguntas Mais Frequentes

Saiba mais

Qual é a missão da ARISE?

A ARISE visa a prevenir e eliminar o trabalho infantil em países em que a JTI atua.

Como a ARISE define trabalho infantil?

A ARISE usa a definição estabelecida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), que define trabalho infantil como um trabalho que priva a criança de sua infância, seu potencial e sua dignidade, e que é prejudicial ao desenvolvimento físico e mental. As Convenções da OIT estabelecem idades mínimas para começar a trabalhar (Convenção OIT nº 138 sobre Idade Mínima) e aborda as piores formas de trabalho infantil (Convenção OIT nº sobre as Piores Formas de Trabalho Infantil). Essas Convenções, que se aproximam da ratificação universal entre Estados Membros da OIT, informam com detalhe e clareza o que constitui trabalho infantil. De forma mais geral, trabalho infantil se refere a trabalho para o qual a criança é jovem demais, ou que possa colocar em risco a saúde, a segurança ou a moral da criança, incluindo trabalho que interfira na educação da criança ou em sua capacidade de se beneficiar da educação. Especificamente, qualquer trabalho que possa colocar em risco a saúde, a segurança ou a moral da criança não deve ser realizado por ninguém com menos de 18 anos. A idade básica mínima para o trabalho não deve ser abaixo da idade para concluir a escolaridade compulsória, que geralmente é de 15 anos. Com relação ao trabalho leve, crianças entre 13 e 15 anos podem realizá-lo, contanto que não ameace a sua saúde e segurança ou atrapalhe sua educação ou orientação e treinamento vocacional.

Quais são a causa do trabalho infantil?

Fatores como a situação familiar, pobreza e influências culturais contribuem para a existência de trabalho infantil. Pobreza é tanto causa quanto consequência de trabalho infantil em todas as suas formas. Famílias pobres às vezes enxergam os ganhos imediatos do trabalho como mais rentáveis do que o investimento a longo prazo em educação. Da mesma forma, o alto custo da educação de qualidade (tais como livros, taxas, uniformes, etc.) estimula algumas famílias de baixa renda a direcionar seus filhos para o trabalho em vez do estudo. Fatores de contribuição incluem baixos níveis de escolaridade, os efeitos da HIV/AIDS quando os pais morrem e deixam órfãos, bem como outros choques econômicos a lares carentes. A prevalência da economia informal, falta de fiscalização da obediência de leis contra o trabalho infantil e falta de proteção social também perpetuam o problema.

Como a ARISE opera uma parceria com três organizações tão diferentes?

Os três parceiros do programa da ARISE – a OIT, a Winrock International e a JTI – têm visões semelhantes do que pode ser feito para eliminar o trabalho infantil na indústria do tabaco e como devemos fazê-lo. Todos os parceiros estão comprometidos em tratar a causa raiz do trabalho infantil, tais como pobreza e tradições culturais enraizadas, e a mudar as práticas dos empregadores que contratam trabalho infantil. Nosso modelo integrado de conscientização, política, educação e empoderamento econômico com base em comunidade oferece um meio de fazer isso ajudando os lares a se tornarem mais autoconfiantes. Isso não irá acontecer da noite para o dia, mas a parceria da ARISE estabelece claros marcos e entregáveis de forma anual, mantendo todos responsáveis. Nós entendemos que este método será um processo gradual ao longo de muitos anos.

Onde a ARISE atua?

Atualmente a ARISE atua no Brasil, Malawi e Zâmbia.

Como a ARISE pode ajudar quando as rendas familiares forem reduzidas de as crianças pararem de trabalhar?

Um dos três pilares essenciais do programa da ARISE é o empoderamento econômico. Nós investimos no empoderamento econômico de comunidades pela distribuição de concessões e atividades de geração de renda. O foco é no empoderamento das mulheres em áreas rurais, pois elas são mais vulneráveis economicamente. Esperamos que a renda adicional obtida permita às famílias pagar trabalhadores para ajudar nas fazendas de tabaco em vez de usar trabalho infantil.

Como a ARISE é custeada?

A ARISE é custeada pela JTI, mas é operada pelos três parceiros.

O que os governos podem fazer?

A ARISE acredita que os governos e os órgãos reguladores podem estar no âmago dos esforços sustentáveis de eliminação de trabalho infantil, pois são essenciais para criar ambientes que levem à eliminação do trabalho infantil, e é dever deles fazê-lo.

O programa da ARISE é somente para fornecedores de tabaco da JTI?

O programa é realizado nas áreas em que a JTI obtém folha de tabaco. No entanto, algumas das fazendas nas áreas não são fornecedoras da JTI. A ARISE não faz distinção, pois tem um método com base em comunidade.

As crianças não ficarão em situação pior se não trabalharem?

Alguns alegam que, se as crianças forem retiradas do trabalho, elas serão forçadas à mendicância ou prostituição. No entanto, a ARISE fornece alternativas às crianças para garantir que seus direitos sejam respeitados, que tenham acesso a educação e outros serviços, e que sejam sustentáveis quando saírem do trabalho infantil.

Se as crianças não trabalharem, as famílias não serão prejudicadas?

Acreditamos que haja um período de transição quando as crianças forem retiradas do trabalho e é por isso que promovemos ativamente empoderamento econômico e treinamento vocacional para toda a comunidade, para que possam ser geradas formas alternativas de renda.

O QUE FAZEMOS

Nossas atividades

O objetivo das nossas atividades é tratar a causa raiz do trabalho infantil na cultura do tabaco.

Leia mais

ONDE TRABALHAMOS

Brasil, Malawi e Zâmbia

Chegamos a milhares de crianças e suas famílias.

Leia mais

Novas notícias

3.788

Durante o ano de 2012, 3.788 membros da comunidade foram instruídos pelo ARISE a respeito de trabalho infantil e dos riscos no Brasil.